G News

Itaparica: Maré causa estragos em Cacha Pregos

Cacha Pregos, em Vera Cruz, na Ilha de Itaparica, vive um problema que vem se agravando desde 2016: o avanço da maré. Enquanto as autoridades não ajudam, a população vem dando um jeito como pode, com caçambas de pedras, teorias sobre os motivos que levaram à situação atual e a esperança de que o poder público ajude de alguma forma.

A área que mais tem sofrido com o avanço do mar é o Lasca Bolso, um bar que se tornou ponto de referência, nome de família e de barco. “É normal na troca de estação a maré descer, levar a areia e trazer de volta. Hoje, isso não acontece mais, e quando a maré está cheia, cobre toda a faixa de areia, comendo a contenção em frente às casas cada vez mais rápido”, explica Elita de Jesus Dias Santa Rosa, 66 anos, dona do Lasca Bolso e marisqueira que nasceu e criou toda a família na ilha.

A praia onde moradores e veranistas podiam jogar futebol e vôlei, em frente à casa de Dona Elita, hoje mal chega a 20 metros de faixa de areia na maré baixa, e sequer existe na maré alta.

Por meio de nota, a prefeitura de Vera Cruz afirmou que a faixa de areia onde Cacha Pregos está localizada seria de responsabilidade do governo federal e da Secretaria de Patrimônio da União (SPU), uma vez que a causa da degradação “é o avanço do mar”. A administração municipal acrescentou que “já está buscando soluções junto à SPU para, em parceria, realizar intervenções no trecho”.

A Tarde

Vamos produzir seu Jingle Político?
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo