Covid-19

Taxa de ocupação de leitos de UTI para Covid-19 em Salvador cai para 48%

A taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivos para pacientes com a Covid-19 em Salvador caiu para 48% nesta terça-feira (1º). Essa é a menor já registrada desde que o percentual começou a ser calculado, no início de maio.

Até a última segunda-feira (31), a taxa estava em 52%. Com a redução no percentual, a expectativa, conforme informou a prefeitura, é que haja ampliação da fase três da retomada das atividades econômicas. No entanto, ainda não há uma data definida para isso.

A ativação da 3ª fase engloba atividades coletivas, como clubes sociais, cinemas, teatros, parques, entre outros.

Para ampliar a fase três, de acordo com a gestão municipal, é preciso levar em consideração as medidas estabelecidas pelos comitês de Saúde da prefeitura de Salvador e do governo da Bahia. Para começar a etapa três, as exigências foram: taxa de ocupação dos leitos igual ou menor que 60%, por pelo menos cinco dias, e distância de 15 dias entre as fases 2 e 3 – ambos critérios já foram atingidos.

Apesar disso, a terceira fase foi adiada. Na ocasião, o prefeito ACM Neto explicou que a decisão de adiamento foi tomada em análise do momento, para que pudesse haver melhor avaliação de cenários.

G1 Bahia

Vamos produzir seu Jingle Político?
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo