Covid-19

Jumento atingido por avião carregado de vacinas na Bahia não resiste e morre em Ibotirama

O jumento atropelado por uma aeronave de pequeno porte que levava doses de vacinas contra covid-19 para o município de Ibotirama, no oeste da Bahia, não resistiu aos graves ferimentos que sofreu e acabou morrendo.

O caso aconteceu no aeródromo de Ibotirama na manhã desta quarta-feira (3) quando um avião da Casa Militar do Governo da Bahia, utilizado para o transporte de doses da vacina, bateu em um jegue depois de pousar no aeródromo.

O piloto da aeronave e as vacinas não sofreram danos, mas o animal teve um grave ferimento na parte superior da pata traseira direita. De acordo com o Jornal Correio, a Prefeitura de Ibotirama chegou a prestar atendimento veterinário ao animal, mas ele não resistiu.

Ainda segundo o jornal baiano, o prefeito da cidade, Laercio Santana (PSB) criticou os donos de animais que vivem no entorno do aeródromo e pediu responsabilidade para que se evitem deixar os animais soltos, o que, segundo o gestor, pode causar tragédias.

A Prefeitura de Ibotirama pretende fazer a captura de animais soltos no local e deve notificar os proprietários.

O dono do jumento morto após o acidente como avião não foi identificado e nem se apresentou para reivindicar a propriedade do animal.

Jornal Correio

Vamos produzir seu Jingle Político?
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo