G NewsSanto Antônio de Jesus

Natural de SAJ está entre os três embaixadores brasileiros nos EUA

O Brasil enviou, pela primeira vez na história, três diplomatas negros a Washington, nos Estados Unidos. Entre eles está o santoantoniese Jackson Luiz Lima Oliveira.

Em entrevista a Andaiá FM, o embaixador revelou que toda a sua família reside na Vila Martins, e demonstrou orgulho de suas origens.

“Minha mãe, Dona Rosa, meus irmãos e tios moram em Santo Antônio de Jesus, na Vila Martins. Sempre vou a cidade em minhas férias”, disse o diplomata.

Jackson Luiz ingressou no Itamaraty por meio do Programa de Ação Afirmativa (PAA), criado em 2002 e coordenado pelo Instituto Rio Branco. A iniciativa visa contemplar candidatos negros com uma bolsa de R$30 mil para se prepararem para o Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD).

Jacson evidenciou, em entrevista, que levou três ano e meio estudando e assim conseguiu ficar entre os 100 primeiros colocados no concurso com mais de 10 mil candidatos. Com uma mãe professora, e o pai carteiro, o santo-antonienses sempre deixou evidente o sonho de seguir a carreira de diplomata.

“Fui para o Rio de Janeiro e descobri o concurso do Itamaraty, tentei por três vezes e passei. Já fui primeiro secretário, mas ainda tenho 10 ou 15 anos pela frente para me tornar embaixador”, revelou.

O Baiano que  já foi ajudante de pedreiro até se formar em letras-inglês pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), serviu na Nigéria e na Zâmbia, e  foi assessor no Departamento da África do Itamaraty.

Atualmente faz parte da Organização dos Estados Americanos (OEA). Ele trabalha com temas relacionados ao desenvolvimento integral e faz mestrado na Universidade George Mason sobre paz e resolução de conflitos.

Redação: Blog do Valente / Informações; Andaiá FM / Foto: Divulgação/Diário das Nações

Vamos produzir seu Jingle Político?
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo