G NewsInforme GospelMundo

Perseguição cristã deve aumentar no Afeganistão com tomada do Talibã

Depois da retirada das tropas dos EUA e da Otan, o Talibã tomou o controle do Afeganistão em uma velocidade espantosa, agora a Release Internacional está alertando que os ataques contra cristãos no país podem aumentar.

Apesar do Talibã ter pedido uma transferência pacífica de poder, o grupo diz que essa reviravolta pode encorajar atividades extremistas.

A Release exortou que qualquer pessoa identificada como cristã pode ser morta no Afeganistão por causa da sua . Um líder da igreja disse à instituição de caridade que os cristãos estão com muito medo de represálias.

“Nossos irmãos e irmãs em Cristo estão nos dizendo o quanto estão com medo. Nas áreas que o Taleban agora controla, as meninas não podem ir à escola e as mulheres não podem deixar suas casas sem um companheiro”, disse um contato.

Igrejas atuam na clandestinidade

Antes mesmo da volta do Talibã no poder, a perseguição aos cristãos já estava piorando, segundo a instituição, várias igrejas já estavam funcionando como clandestinas, devido às leis de anticonversão do islã, punível com morte ou prisão.

O CEO da Release, Paul Robinson, está pedindo para que os cristãos orem em favor do Afeganistão. “O rápido avanço do Talibã só pode encorajar os extremistas”, disse ele.

Malala Yousafzai, de 15 anos, foi uma vítima do Talibã n o Paquistão, que atirou nela porque ela foi à escola, mas ela sobreviveu e se tornou uma ativista notória dos direitos humanos internacional.

“Em lugares como o Afeganistão, a Igreja teve que aprender a operar de forma semelhante à Igreja primitiva no Livro de Atos – sob contínua ameaça de perseguição. Mas hoje a igreja tem mais recursos e está equipada para lidar com esse desafio do que nunca”, disse Robinson, segundo o Chistian Today.

Gospel Prime

Vamos produzir seu Jingle Político?
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo