PolêmicaPolíciaSanto Antônio de Jesus

Caso Ângelo Miguel: criança de 2 anos é sepultada após necropsia do corpo no DPT de Santo Antônio de Jesus

O pequeno Ângelo Miguel Macedo Souza da Silva, 2 anos, que morreu após dar entrada no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus com quadro de febre e ser atendido na unidade, foi sepultado na tarde desta quarta-feira (10) no Cemitério Municipal. O corpo do garotinho foi liberado pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) após realização de necropsia.

Conforme revelado pelo Gigante da Notícia, o corpo da criança já estava sendo velado na terça-feira (9) quando a DPT foi acionado para removê-lo para o exame, depois que os pais do menino, Alessandro Souza da Silva e Dalila dos Santos Macedo, prestaram queixa na Delegacia alegando possível erro no procedimento médico e questionando o fato de que na declaração de óbito do hospital havia a informação de causa não determinada para a morte da criança.

O coordenador do DPT, Lino Oliveira, revelou nesta quinta-feira (11) que o corpo foi necropsiado e liberado para a família. Segundo ele, o laudo com as informações precisas da causa da morte do menino deverá estar pronto em um prazo de 10 dias.

Hospital

Apesar das acusações da família do garotinho, o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus não havia se manifestado até está quinta-feira.
Em nota encaminhada à Rádio Recôncavo FM, à qual o Gigante da Notícia também teve acesso, o hospital afirma que seguiu corretamente os protocolos de atendimento.

Sobre a acusação de administração equivocada de medicamento e o boletim de ocorrência registrado pelos pais do garoto, o hospital disse que a medicação administrada foi adotada conforme o estado clínico do paciente e que permanece à disposição dos familiares para maiores esclarecimentos. Leia abaixo a nota na íntegra.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus (HRSAJ) esclarece que fez a admissão do paciente A. M., de 2 anos, através do Serviço de Emergência na manhã de terça-feira (09). Em seu atendimento foram adotados todos os protocolos médicos recomendados de acordo com o estado clínico do paciente.

Apesar da adequada assistência multiciplinar prestada, o paciente veio a óbito às 13h40 do dia 09/03/2021.

O HRSAJ se solidariza à família nesse momento de dor e coloca-se à disposição para fornecer todos os esclarecimentos necessários.

Atenciosamente,
Assessoria de Comunicação
Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus

Gigante da Notícia

Vamos produzir seu Jingle Político?
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo