Polícia

Casos de agressão a mulher são registrados e enquadrados na Lei Maria da Penha em Santo Antônio de Jesus

Na noite deste último domingo (7), dois casos de agressão enquadrados na Lei Maria da Penha foram registrados nas cidades de Santo Antônio de Jesus e Laje. Os acusados de agredir suas companheiras, foram presos em flagrante e encaminhados para a 4ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin).

De acordo com a polícia, no caso registrado em Santo Antônio de Jesus, uma mulher foi vítima de agressão por seu companheiro – que é um empresário da cidade – após ingerirem bebidas alcoólicas e retornarem para casa. A agressão à mulher de 35 anos teria sido motivada por ciúmes de seu companheiro. Ainda de acordo com informações policiais, os vizinhos ligaram para PM e socorreram a vítima que teve fratura em um dos braços.

Já o caso registrado na cidade de Laje, uma mulher de 24 anos prestou queixa na delegacia afirmando que estaria sofrendo agressões físicas e verbais de seu companheiro – que também é um empresário – desde o mês de junho de 2020.

Em entrevista ao repórter Paulo Sérgio da Andaiá FM, o delegado Dr. Adilson Bezerra, afirmou que após o registro do boletim de ocorrência e prisão em flagrante dos acusados, as vítimas passarão pelo exame de corpo e delito, “tivemos duas situações envolvendo a Lei Maria da Penha, lesões corporais, ambos praticados por empresários, um de Santo Antônio de Jesus outro de Laje.

Eles foram presos em flagrante por agressão a suas companheiras. Lamentavelmente é um fato corriqueiro nos finais de semana e principalmente aos domingos. As pessoas acabam bebendo, chegam em suas residências e agridem suas companheiras. Nessas situações a Lei Maria da Penha é firme. Antes o acusado era conduzido para a delegacia e saia imediatamente, mas agora os acusados ficam presos em flagrante por conta dessas agressões”, apontou.

Voz da Bahia

Vamos produzir seu Jingle Político?
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo