Polícia

SAJ: Desrespeito a luto de chefe de acampamento, teria motivado crime entre ciganos, diz delegado

Depois de quase 1 mês sem homicídios na cidade, Santo Antônio de Jesus registrou mais dois assassinatos nesta segunda-feira, feriado de 7 de setembro. Após um desentendimento, dois ciganos foram mortos e outros dois foram encaminhados ao Hospital Regional.

O delegado da cidade, Dr. Adilson de Freitas informou que a polícia agiu rápido, inclusive já foi descoberta a autoria dos crimes, que foram separados, mas interligados.

Segundo ele, o acampamento dos ciganos envolvidos, fica no mesmo local, porém dividido entre uma mesma família, após desentendimento ocorridos há 4 anos por conta de empréstimos financeiros. O delegado explanou que explicou que um dos grupos ciganos teria desrespeitado o luto, que normalmente dura entre 6 meses e 1 ano, pela morte de um dos chefes da área, fazendo festas com som alto e bebidas.

“Para a família em luta aquilo foi um desrespeito inaceitável, o que motivou algumas pessoas da família a se dirigir ao local do evento, onde foi criada uma discussão e logo em seguida disparos de arma de fogo”, pontuou.

Gigante da Notícia

Vamos produzir seu Jingle Político?
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo