Eleições 2020Política

Polêmica: Neto reclama de ‘preconceito’ após críticas de falta de diversidade racial em chapa de Bruno

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), rebateu críticas de setores da oposição de que a chapa formada por Bruno Reis (DEM) e Ana Paula Matos (PDT) para disputar a prefeitura de Salvador seria “branca” pela falta de diversidade racial entre os dois candidatos.

O gestor devolveu os ataques aos adversários e os acusou de serem preconceituosos ao não levarem em conta a origem dos dois, deslocando o debate da questão de raça, abordada pelos adversários, e levando o assunto para o prisma da classe social. Ele destacou que os dois não nasceram em “berço de ouro” e enfrentaram dificuldades para ter sucesso na vida política. 

O debate racial na eleição em Salvador deve ser ainda mais acirrado neste ano, já que duas mulheres negras e militantes de questões ligadas à população negra disputam a prefeitura: Olívia Santana (PCdoB) e Major Denice (PT).

Para defender Bruno e Ana Paula, o prefeito acionou o discurso meritocrático, ao destacar que os dois venceram as dificuldades com muito “trabalho” e esforço individual.

“A história dos dois, pelo amor de Deus. Não há espaço para esse tipo de questionamento. Isso vem com uma dose de preconceito, mas que a cidade não aceita. Se não fosse pelo esforço individual de cada um dos dois, eles não estariam aqui, porque não possuem pai político, não têm família rica. O que diferencia o candidato fulano da oposição da candidata fulana da oposição? Eles estão lá porque tiveram méritos, batalharam para chegar lá”, argumentou Neto.

Bahia Notícias

Vamos produzir seu Jingle Político?
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo